Michelangelo Antonioni

Houve um dia em que, passeando na locadora, avistei A Aventura, admito, fui enganado pelo título e quando o assisti pela primeira vez, senti-me intrigado. O que eu assistira afinal? Que experiência fora aquela? O vi novamente, a fotografia que colocava os personagens em um abismo e não me refiro apenas às cenas na ilha, onde a bela fotografia se encarrega de tudo, mas também no restante do filme, onde os protagonistas sempre se encontram à beira de um penhasco de solidão e carência. O vazio existencial é ainda melhor mostrado por Antonioni em A Noite, com Jeanne Moreau vagando pela cidade, um silêncio ensurdecedor para mostrar a incomunicabilidade de um casamento em crise. Antonioni filmava o vazio de seus personagens e o mais importante de seus filmes é que são relatos visuais e não meras transcrições de roteiro, o uso da profundidade de campo nos longos corredores em A Aventura; as panorâmicas do infinito deserto de Profissão: Repórter são provas disso. Difícil encontrar frases marcantes nos filmes do diretor italiano, ele não dependia de roteiro, ele fazia cinema de verdade, sem ligações com outras artes, tanto que o mais famoso roteiro adaptado filmado por ele, Blow up, é vagamente inspirado em um conto sobre o fotógrafo que encontra um cadáver ao revelar suas fotos, o tema interessante torna-se um diálogo sobre alienação e busca de valor nas mãos de Antonioni. Livre das amarras alheias, Antonioni fez cinema e vemos a beleza de seus filmes em sequências silenciosas, como o pessimista desfecho de O Eclipse, ou o trágico e belo plano sequência de Profissão: Repórter. A afirmação “fazer cinema” pode soar equivocada, mas só ela pode definir um cineasta que, independente da influência que a própria arte cinematográfica possui de outras áreas, usufruia como poucos o quê que eleva o cinema ao patamar de mais bela das artes. Antonioni foi um mestre da poesia e a recitava em silêncio, fora privado de voz ao sofrer um derrame em 1985, dela ele jamais precisou para nos encantar.
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: