O preço das rosas

Quem dá o preço da rosa?
Quem se atreve a estipular o valor
dos jardins onde ela brota
do perfume de seu amor?

e quem compra o livro de poemas
está levando a poesia?
digo que só se paga a datilografia
daquele monte de palavrinhas
que fora dali dizem quase nada
essa é a única explicação
para um livro de Quintana custar dez reais

Bem-aventurado é o poeta que arruma uns trocados
Pobre coitado é o homem que tabela seu preço
Para este último não prevejo sossego
A angústia à morte é sua aventura

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: