Meu coração é coberto de grama
grama, pois é o que cresce no solo
dos desolados cemitérios do mundo

Um tapete verde cobre meu peito
já que é tudo que nasce entre o cimento

Meu coração é forrado de grama
a mais verde e pura possível no mundo
nos solos de cadáveres passados

Um tapete verde preenche meu peito
e das gramas saem ramalhetes vermelhos
desde quando que grama tem pétala e flor?

Para veres a força do amor.

08/09/07

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: