Fazendo Planos

Eu venderia meus troféis
Para te levar ao mar
E nós pintaríamos na areia
Com algas e baixéis
Uma nova lua cheia
E nos mudaríamos para lá
Com o dinheiro dos pincéis
Que venderíamos aos siris
Por uma passagem só de ida
Subiríamos em corcéis
Velozes como colibris
Logo que chegássemos na lua
Eu compraria um camarote
numa uma cratera bem polida
Ficaríamos sob dosséis
Do veludo de uma nereida
Onde poderíamos observar
As estrelas em carrosséis
Estamparíamos o luar
Trocariamos os corcéis
Com os tais astronautas
Por dois belos batéis
Um para nós e outro para a felicidade
Que vinha de carona
De volta para seu lar
Pelo Mar da Serenidade

26/09/06

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: